sexta-feira, 1 de abril de 2016

Recôncavo News

Ex-lutador de MMA é preso acusado de estuprar filha de 2 anos e enteada de 9 anos

Um ex-lutador de MMA de 22 anos, que não teve o nome divulgado pela polícia, foi preso em flagrante por estuprar a filha e a enteada. As crianças tinham dois e nove anos respectivamente. O caso aconteceu em Oiapoque, no estado do Amapá. O esportista nega as acusações, segundo a polícia.
O acusado foi preso em flagrante, dentro da delegacia, quando tentava intimidar a mãe das vítimas enquanto ela denunciava o caso na terça-feira (29). O crime foi descoberto pela prima da vítima, de 11 anos, que teria flagrado o homem mantendo relações sexuais com a menina de 9 anos, dentro do quarto da casa onde ele mora. O flagra aconteceu na noite de segunda-feira (28).
O delegado afirma também que o estupro contra a filha do ex-lutador foi comprovado por meio de exames. Durante a entrevista psicológica, a vítima de 9 anos contou que a irmã de 2 anos costumava ficar trancada com o suspeito dentro de um quarto. “Desconfiamos e fomos fazer o exame na criança de 2 anos e não deu outra. Também foi estuprada”, afirmou Corrêa, em entrevista a Rede Amazônica.
Os estupros aconteciam à noite, quando a mãe das vítimas deixava as meninas com o ex-lutador para ir trabalhar como garçonete em uma lanchonete. Os dois estão separados há duas semanas. Entretanto, segundo a polícia, os estupros aconteciam há pelo menos um ano. Fonte: Varela Notícias.