domingo, 10 de abril de 2016

Recôncavo News

Conheça o caminhão do futuro da Mercedes Benz que anda sozinho

A Daimler, dona da Mercedes-Benz, está pronta para lançar o Future Truck (FT), caminhão autônomo apresentado em 2014 (conheça detalhes no álbum desta reportagem) --, mas ainda não pode fazê-lo: faltam leis e regulamentações para modelos autônomos, na Alemanha e em outros países onde a marca atua no segmento de veículos pesados. 

Espera-se, como UOL Carros já mostrou, que tudo esteja pronto até 2020. "A tecnologia existe e está aqui para vocês verem. Por enquanto, o FT só pode rodar de dia, em rodovias ou até em pequenas estradas, desde que bem sinalizadas. O que falta é uma definição governamental dos países de onde vamos vendê-lo em relação a veículos autônomos", explica Georg Hageman, chefe de desenvolvimento de veículos comerciais e "pai" do caminhão que anda sozinho. Segundo Hageman, o veículo é seguro, mas atitudes externas (como a de outros motoristas) podem fazer com o que o modo autônomo seja desativado inesperadamente, podendo provocar acidentes. 

"É impossível dizer que ele é 100% seguro pois o trânsito não é feito só de uma pessoa, mas de muitas. Então o motorista precisa estar sentado à frente do volante e acordado, mesmo que a estrada esteja tranquila, já que a qualquer momento um inconveniente pode surgir", explicou o engenheiro em bate papo com UOL Carros. A atual norma da Europa (UN/ECE R 79, da Convenção de Viena de 2005) não permite direção autônoma acima de 10 km/hora. Nos EUA, a Califórnia estuda normas e já proibiu o Google de usar carros sem volantes ou pedais. Em Michigan, onde fica Detroit (sede das gigantes General Motors, Ford e Fiat Chrysler), a universidade local criou uma "cidade" específica para o desenvolvimento de projetos autônomos, com a ajuda de fabricantes e órgãos públicos. Algo semelhante existe há mais tempo em Gotemburgo, na Suécia, terra da Volvo. Fonte UOL.
Veja o Vídeo: