quinta-feira, 7 de abril de 2016

Recôncavo News

Conheça a impressionante história de Jéssica Valitutto, que perdeu 85 kg em 3 anos

Hoje vamos conhecer a história impressionante de Jéssica Valitutto, veja abaixo o depoimento dela:

Sou  Jessica Valitutto, tenho 24 anos. Cheguei aos 150 kg. Consegui perder 85 kg no total… Hoje, depois de 3 anos que dei inicio a minha mudança, peso entre 64 kg e 66 kg, tenho 160 cm! 

Sofro de hipotireoidismo, mesmo tomando a medicação diariamente, meus exames da tireoide sempre tem alguma alteração, logo tenho que dar duro em dobro. Meu inicio de vida, adolescência e fase adulta, creio que seja muito parecida com a de pessoas que lutam contra a balança… 

Na infância com apenas 5 anos, foi quando o tormento se deu inicio. Eu simplesmente não cabia na roupinha  de formatura… Traumático pra uma criança, apelidos, zuações… 

Foi bem difícil! Então começou a saga dos consultórios, idas e vindas, tortura com dietas drásticas, foi quando desenvolvi a compulsão alimentar, e o hábito de comer escondido. 

E no futuro, e claro esperado, virou uma bola de neve. Mais ainda assim era uma criança extremamente ativa, praticava esportes, brincava com as crianças do bairro, posso dizer que tive uma infância feliz,  mesmo com esses problemas que causam traumas pra sempre, as feridas amenizam, mas nunca cicatrizam! E sempre oscilando de peso, sempre! Mas chegou a complexa fase da adolescência… 


Onde pequenos problemas se tornam gigantes, com 13 para 14 anos já estava com 90 Kg. Com acompanhamento médico, em menos de 1 ano cheguei aos 59 kg, na época inibidores de apetite ainda eram liberados, e com 14 anos me matriculei na academia,  e mal sabia que seria minha grande paixão hoje, mas no início foi complexo, uma mistura de medo, vergonha, incapacidade! Mudei meus hábitos, me dedicava totalmente. 

Cheguei ao peso desejado, e o mantive por 4 anos, tudo desandou quando mudei de cidade, e minha vida ficou de pernas pro ar, veio a depressão, e a compulsão alimentar desenvolvida ainda na infância, voltou a me perturbar. Fonte: Ludlacorte.