quarta-feira, 6 de abril de 2016

Recôncavo News

Caso Victor Ramos: Bahia vai ao STJD e pode paralisar o Campeonato Baiano

O Bahia entrou com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva pedindo a paralisação do Campeonato Baiano 2016 até que seja solucionada a polêmica envolvendo o zagueiro do Vitória Victor Ramos. Em nota divulgada nesta terça-feira (5), o clube afirma que ingressou com um mandado de garantia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva impugnando o teor do ofício DRT 375/16, assinado pelo diretor de registros da CBF,  Reynaldo Buzzoni, o qual atestou que a transferência do atleta para o Leão teria sido nacional. Segundo o Bahia, a ação foi "surpreendentemente equivocada".
"Deste modo, o Esporte Clube Bahia, como participante da competição que dela espera a obediência irrestrita à todas as regras legais, sem jamais relegar a ética desportiva, entende ser indispensável a correção da informação prestada pelo diretor da CBF, uma vez que contraria o BID, além de vulnerar expressamente os regulamentos da CBF e da FIFA, aplicáveis ao caso", afirma o clube.
"O Esporte Clube Bahia preza pelo futebol jogado em campo, todavia sem deixar de mirar o respeito às regras e regulamentos e, por isso, sempre se portará como protagonista na luta pelo respeito destemido a todo complexo de normas, éticas e jurídicas, que envolvem o desporto", conclui o Bahia, na nota.
Conforme antecipado pela Rádio Metrópole, com o repórter Renato Lavigne, ao vivo no Programa Grito Rubro-Negro, na segunda-feira (4), o subprocurador Hélio Menezes Jr, responsável por aceitar ou não a denúncia do Flamengo de Guanambi com relação a uma possível irregularidade na inscrição do atleta no torneio, deu o parecer como favorável e atestou a regularidade do atleta.