quinta-feira, 31 de março de 2016

Recôncavo News

Seu filho estava sempre doente. Mas quando esta mãe descobre a causa, fica chocada.

Durante todo o final de semana, o filho mais novo do casal canadense Penny e Simon Powell, reclamou de uma terrível dor de estômago. Por muito tempo eles não conseguiram saber a causa. Mas, então, um cheiro ruim os colocou na direção certa... e é algo muito nojento.

Os pais ficaram chocados quando descobriram o que estava fazendo seu filho se sentir mal: era a garrafinha infantil, daquelas com bico. Por fora, parecia perfeitamente inofensiva, mas quando eles tiraram a tampa, eles quase vomitaram.

O cheiro vinha da vedação da tampa da garrafa: o interior estava completamente mofado. Simon e Penny ficaram absolutamente chocados que seu filho vinha bebendo nesta garrafa nojenta por uma semana. Eles compartilharam fotos no Facebook para alertar outros pais a ficarem atentos aos recipientes que armazenam o que suas crianças bebem.

Comummente afetadas (mas, de maneira nenhuma, são as únicas) são as garrafas da marca "Tommee Tipee". O problema está na válvula, que é desenvolvida para o líquido não vazar. Só que a membrana do meio coleta um pouco deste líquido, e então, esta substância se acumula e, se não for limpa regularmente, vira mofo. Como a válvula não pode ser completamente desmontada, este resíduo podre fica lá, sem que você note olhando de fora. Por isso, mesmo que os Powells frequentemente limpassem bem a garrafa, ela nunca estava realmente limpa.

Comer ou beber mofo causa múltiplos problemas de saúde como: tosse, inflamação na garganta, problemas como sinusite, diarréia, febre, dores de estômago, etc.

Por esta razão, é importantíssimo desmontar completamente as garrafinhas (assim como copos com bico) e limpá-los completamente. Se algo parecer estranho ou incomun, é importante localizar o motivo. Muitos pais não se dão conta disso, então é ainda mais importante a conscientização sobre este potencial perigo, para que outra crianças não sejam afetadas. Especialistas recomendam os pais a estarem bem atentos às seguintes dicas:
  • Certifique-se de desmontar cada parte do recipiente e lavá-las separadamente. Se tiver dúvidas, pergunte ao consultor de vendas ou ao SAC.
  • Se você estiver usando garrafinhas para crianças menores de 1 ano para colocar leite, etc., você deve esterelizá-la regularmente. Existem esterilizadores específicos para esta função. No entanto, normalmente, é suficiente colocar todas as peças em uma panela com água e fervê-las por 10 minutos. Você pode, também, comprar pastilhas esterilizadoras, dissolvê-las na água e colocar as peças de molho. 
  • Com crianças mais velhas, é suficiente apenas desmontar a garrafa e lavar bem todas as peças com sabão e deixar secar completamente depois de cada uso. Bicos de silicone ou borracha devem ser esterilizados regularmente (pode ser em uma chaleira). Mesmo que a garrafa seja apenas usada para água, as bactérias, ainda sim, podem se acumular e virar mofo.
  • Cada vez mais pediatras recomendam substituir as garrafinhas, de preferência, a cada ano. Usar canecas e copos normais é certamente mais higiênico.

  • Siga estas dicas para seus filhos estarem sempre seguros, porque eles serão os mais afetados.