quarta-feira, 16 de março de 2016

Recôncavo News

Se você consome bebidas alcoólicas: isto é o que o álcool causa no seu corpo

Todo mundo sabe que bebidas alcoólicas são bastante prejudiciais ao corpo. Através da corrente sanguínea, a bebida vai para o coração, cérebro e intestino. 

Neste post, vamos mostrar as consequências de se consumir álcool. Após algumas doses, seu sistema nervoso central sofre uma diminuição na função. 
Isso acontece porque o álcool é prejudicial ao equilíbrio dos neurotransmissores, que é o mecanismo de comunicação entre os nervos.
A consequência disso é:
- Fala arrastada
 - Visão distorcida e audição
- Sonolência
- Dores de cabeça
- Dores de estômago
- Diarréia
- Vômitos
- Dificuldades respiratórias
- Perda da consciência
- Memória fraca
- Queda da percepção e coordenação motora
- Coma alcoólico (dependendo da dose)
Além desses efeitos, há um grande risco de se machucar gravemente por causa de desmaios e quedas - que são comuns.
E mais: o álcool é a principal causa dos acidentes de carro e responsável por muitas outras tragédias.
A propósito, é importante entendermos por que bebida alcoólica e direção não combinam.
O álcool reduz nossas habilidades cognitivas, já que diminui os níveis de neurotransmissores.
E não precisa de muito - uma pequena dose já causa alterações.
Além disso, afeta a visão, coordenação motora, diminui o reflexo, impedindo que você tome decisões certas, precisas e no tempo hábil.
 
Quando a pessoa está sobre o efeito do álcool e dirigindo, tem a impressão que o carro está lento, mas provavelmente o automóvel está em alta velocidade.
Mas o álcool faz muito mais estragos.
Há sintomas que apesar de não serem visíveis e só se manifestarem a longo prazo são perigosíssimos.
Aqui estão alguns:
- Arritmia cardíaca
- Falta de ar
- Infecções respiratórias
- Pressão alta
- Inflamação da mucosa do estômago
- Anemia
- Imunidade baixa
- Problemas hepáticos (cirrose, gordura no fígado)
Se você já sofre com um desses problemas listados, saiba que eles são agravados com o consumo de álcool.
Os efeitos a curto prazo vão embora assim que a bebida é metabolizada e descartada pelo organismo.
Mas, a longo prazo, o álcool inevitavelmente fará mais estragos, como é o caso dos problemas citados logo acima. Fonte: Blog Cura Pela Natureza.