quinta-feira, 17 de março de 2016

Recôncavo News

Mulheres-bomba se explodem em mesquita e provocam 24 mortes

Duas mulheres-bomba mataram ao menos 24 fiéis e feriram outros 23 em um ataque durante suas orações em uma mesquita nos arredores da cidade de Maiduguri, na Nigéria, na quarta-feira (16), informaram autoridades.
Uma mulher detonou os explosivos no interior da mesquita e a segunda esperou do lado de fora para detonar quando os sobreviventes tentassem escapar, disse Abba Ajio, coordenador do Grupo Vigilante de autodefesa.
Sobreviventes do ataque e provas encontradas pelas equipes de socorro identificaram os autores como mulheres disfarçadas de homens. O número de vítimas aumentou quando equipes de resgate escavaram os escombros e descobriram mais cinco pessoas feridas, além de mais quatro corpos, de acordo com o oficial de emergência Mohammed Chullu.
A mesquita Umarari fica nos arredores de Maiduguri, cidade que é o centro de comando militar da guerra contra o grupo terrorista islâmico Boko Haram. O ataque suicida é idêntico a outros feitos pelo mesmo grupo, que visam regularmente alvos civis, como mesquitas, mercados e pontos de ônibus, recorrendo muitas vezes a mulheres-bomba. 
O ataque, porém, não foi reivindicado. Maiduguri, onde o grupo foi formado em 2002, não registrou ataques nos últimos meses, após fortes medidas de segurança e de uma operação contra os militantes no ano passado. Fonte: G1.