terça-feira, 1 de março de 2016

Recôncavo News

Feira de Santana: Homem é morto a pedradas e golpes de tesoura; crime foi filmado e corpo enterrado

Um homem foi assassinado com cerca de 100 golpes de tesoura, em Feira de Santana. O corpo foi encontrado na manhã desta terça-feira (1º) em uma cova rasa, aberta em um matagal, no bairro São João, nas proximidades da Rua Intendente Abdon. A vítima foi identificada como Edmilson de Jesus Alves, 39 anos, ex-presidiário.

A localização do corpo, já em estado de putrefração, foi dada por um dos acusado de cometer o crime, identificado como "Zoi". 

De acordo com o delegado João Rodrigo Uzzum, coordenador Regional de Polícia, o crime foi praticado por quatro homens.

“Esta morte foi filmada e compartilhada em vários grupos do WhatsApp. Prontamente a Delegacia de Homicídios passou a investigar a situação e os investigadores tiveram a informação de que o elemento Zoi com seu bando teria praticado este delito. 

Após o crime eles fugiram para a cidade de Santo Amaro da Purificação, onde foram presos pela Polícia Militar. Aqui localizamos o local onde o corpo foi ocultado e outros participantes do crime. Então, já temos todos os quatro acusados e já foram responsabilizados pela prática”, disse o delegado em entrevista ao Acorda Cidade.

Uzzum disse também que os acusados informaram que estavam sendo ameaçados de morte por Edmilson e alegam legítima defesa. “Agora vamos indiciar os indivíduos. Foram muitos golpes de tesouras, muitas pedradas no crânio, levando a morte da vítima”. 

O delegado Jean Souza, titular da Delegacia de Homicídios, informou que não dá para precisar o número exato de golpes e que a vítima foi torturada viva.

“É como se eles estivessem tentando arrancar a cabeça da vítima com tesouradas, a vítima estava viva no momento em que estava recebendo os golpes de tesoura. Eles apedrejaram e deformaram o rosto da vítima. Pela distância, eles tiveram dificuldades de levar o corpo do local onde foi praticado o crime até onde o corpo foi enterrado. 

Acredito que tenham usado animais para conduzir o corpo, uma vez que percebemos a presença de muitos cavalos por aqui. 'Zoi' informou quem participou do crime, além dele, e conseguimos elucidar mais este crime bárbaro na cidade de Feira de Santana”, informou o delegado Jean. Fonte/Foto: Acorda Cidade.