terça-feira, 29 de março de 2016

Recôncavo News

82 mortes em acidentes nas Rodovias Federais durante a Páscoa

O número de mortos em acidentes nas rodovias federais durante o feriado de Páscoa teve uma redução de 14,5% neste ano em relação com o ano passado, mostra balanço da Polícia Rodoviária Federal divulgado nesta terça-feira (29). Foram 96 mortes no feriado do ano passado contra 82 neste ano. A operação Semana Santa teve início na quinta-feira (24) e até o fim da noite de domingo (27).

Também houve redução no número de acidentes graves – quando há pessoas feridas. Em 2015, foram 247 registros; neste ano, 145 (redução de 41,3%). O número absoluto de acidentes, incluindo aqueles de menor gravidade, caiu de 1.895 para 1.274, uma redução de 32,7%.
O levantamento mostrou ainda que 68.517 motoristas foram flagrados trafegando acima dos limites de velocidade durante os quatro dias de operação. Ainda segundo Ferreira, a principal causa de mortes foram as colisões frontais provocadas por ultrapassagens perigosas. No total, 110 motoristas presos por dirigirem alcoolizados.
No ranking dos estados, Minas Gerais liderou no número de acidentes, com 228 ocorrências, das quais 22 graves, que deixaram 233 feridos e 13 mortos. O estado tem a maior malha rodoviária federal do país.

Segundo o coordenador de controle de operações, João Francisco de Oliveira, um conjunto de fatores levaram à redução do número de mortes e acidentes. "O investimento em educação para o trânsito, o trabalho de fiscalização, inclusive dos radares móveis, tudo isso contribuiu", disse.

O coordenador-geral de operações da PRF, Ciro Ferreira, avalia positivamente os resultados. "A Polícia Rodoviária Federal vem trabalhando para reduzir a quantidade de acidentes. Uma das medidas que a PRF adota é a redução da velocidade por meio da fiscalização." Fonte: Auto Esporte.