domingo, 12 de abril de 2015

Recôncavo News

Santo Amaro: Prefeitura decreta estado de emergência após enchente do Rio Subaé

A prefeitura de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano, decretou situação de emergência na tarde deste sábado (11) em função das fortes chuvas que provocaram uma enchente do rio Subaé. O nível da água do rio subiu cerca de 3 metros.
Segundo informou a prefeitura do município, cerca de 60 famílias que moram no bairro Ideal, o local mais atingido pela enchente, ficaram desabrigadas. Outras dezenas de famílias foram atingidas. Os desalojados foram abrigados na Escola Estela Mutti, local onde estão sendo recebidas doações de roupas, cobertores e colchões.
 A chuva forte que atinge essa região desda a última quinta-feira (9) provocou alagamentos em ruas e casas da cidade. Tratores e caminhões de drenagem estão em operação desde o final da manhã deste sábado (11) para retirar a lama e o entulho arrastado pela enchente do rio Subaé.
Um centro de triagem com assistentes sociais foi montado próximo à Igreja de Nossa Senhora da Purificação para cadastrar as famílias desabrigadas. "Os locais com risco de deslizamento ou desabamento devem ser evitados. As casas que estão em área de risco devem ser desocupadas para que não ocorra acidentes", escreveu o prefeito em seu perfil em um site de rede social. Apesar da enchente, não há registros de vítimas ou desabamentos provocados pela chuva.
O prefeito Ricardo Machado informou que a Defesa Civil da Bahia enviou uma equipe para Santo Amaro para ajudar na recuperação da cidade. Funcionários e voluntários auxiliam na retirada da lama que invadiu casas dos bairros de Rosário, Sacramento, Bonfim, Derba e Trapiche. O trânsito chegou a ser interditado em algumas avenidas.
No início desta tarde um helicóptero do Grupamento Aéreo decolou com um oficial do 10º Grupamento de Bombeiro Militares com o intuito de promover um sobrevoo pela cidade e realizar um levantamento das necessidades mais urgentes de intervenção. Fonte/Fotos: Correio.