quinta-feira, 2 de abril de 2015

Recôncavo News

Mulher engravida do próprio irmão para ajudar cunhada com câncer

Uma situação inusitada chamou a atenção da imprensa inglesa nesta semana. Uma mulher decidiu engravidar do próprio irmão para ajudar a cunhada que não podia ter filho. De acordo com informações do jornal 'The Mirror', Jaki Burton quis ajudar o irmão Adam e a esposa dele, Natalie Carney, a realizar o sonho de formar uma família.

Como Natalie não tinha como ter filho por causa de um tratamento para combater um câncer cervical, Jaki não pensou duas vezes e se submeteu a uma inseminação artificial, usando o óvulo da cunhada fecundado com um espermatozoide do irmão. "Eu vi Adam e Natalie passarem o pão que o diabo amassou quando ela foi diagnosticada com câncer (em janeiro de 2011, três semanas depois que eles se conheceram). Me partiu o coração não poder fazer nada. Mas eu sabia que podia ajudá-los a começar uma família. Mesmo que isso significasse ter um filho para o meu irmão", contou ela à publicação.
O bebê nasceu há sete semanas, através de um parto humanizado, e só agora Jack quis contar a novidade para a imprensa: "Eu sabia que podia fazer o que fiz. Eu não queria que eles usassem uma barriga de aluguel fora de nossa família. Eu não me perdoaria se isso acontecesse e desse tudo errado. Eu dei à luz na água e Natalie estava na piscina comigo. Foi ela que puxou ele para fora de mim. Ela foi a primeira a tocá-lo. Todos nós choramos muito. Foi um momento muito especial. Fiquei orgulhosa de mim mesmo por tê-los ajudado a realizar um sonho".
Ela afirmou ainda que sempre soube que a criança não seria sua e, por isso, preferiu não se apegar muito a ele. "Eu nunca me deixei apegar demais. Eu nunca pensei nele como meu. Eu estava apenas preparando-o (para nascer)", explicou. A cunhada dela, Natalie, já começou a fazer as documentações necessárias para adotar a criança: "Nada disso será um segredo para ele. Tudo isso deve ser celebrado. Nosso filho é um milagre e isso é graças a Jaki". Fonte: Correio.