• Plantão Recôncavo News

    segunda-feira, 13 de abril de 2015

    Herói da classificação contra o Sport, Souza comemora: Fui abençoado

    Muito se tem falado do trio de ataque do Bahia. O KGB, aliança formada por Kieza, Gamalho e Biancucchi, funciona a todo vapor em 2015: juntos, eles balançaram as redes 23 vezes na temporada. No entanto, na tarde deste, contra o Sport, um jogador menos badalado roubou a cena e assumiu a condição de artilheiro. Souza, volante, anotou um hat-trick e conduziu o Tricolor à final da Copa do Nordeste.

    O primeiro gol de Souza saiu em um momento complicado. O time perdia por 1 a 0 e precisava virar a partida quando o volante acertou um bom chute de fora da área e empatou. Minutos depois, ele converteu pênalti sofrido por Kieza e colocou o Bahia na frente. Para fechar a noite com chave de ouro, quando a partida estava novamente empatada, Souza apareceu dentro da grande área para anotar o terceiro e dar números finais à partida. 
    Emocionado, o volante foi cercado por microfones ao final da partida e falou sobre a emoção de marcar três vezes, mas sem deixar de enaltecer a classificação da equipe. 
    - Hoje eu fui abençoado. Mas estou feliz, primeiramente, pela classificação do Bahia – afirma o jogador. 
    Com os holofotes voltados para si, Souza não usou de falsa modéstia. Fez uma autocrítica positiva e agradeceu a confiança que tem tido do técnico Sérgio Soares. 
    - Eu sei que só preciso de oportunidade e de sequência de jogos, porque eu sei da minha capacidade. Aqui, o Sérgio me deu confiança – diz. 
    Souza ainda fez uma análise do confronto. 
    - Tivemos dificuldade no início do jogo. No segundo tempo, paramos com o nervosismo, e eu tive a oportunidade de fazer três gols – completa Souza.
    Na grande final do Nordestão, o Bahia tem pela frente o Ceará. O primeiro jogo está marcado para o dia 22, na Fonte Nova. O segundo para o ia 29, no Castelão. Antes, o Tricolor encara o o Nacional-AM na quinta-feira, pela Copa do Brasil. Fonte/Foto: GE.