• Plantão Recôncavo News

    segunda-feira, 27 de abril de 2015

    Conquista vence Bahia de goleada pela final do Baianão


    A final do Campeonato Baiano começou de forma surpreendente. 

    Mesmo chegando como azarão contra o gigante Bahia, o Conquista não tomou conhecimento do Esquadrão e goleou por 3 a 0, com gols de Fausto, Diego Aragão e André Beleza, que reverteram a vantagem que era do tricolor.
     
    O resultado obriga o Bahia a vencer por três gols Ed diferença no jogo de volta, agendado para acontecer na Fonte Nova, no dia 3 de maio.

    Primeiro tempo
     
    Bahia e Conquista começaram se estudando muito nos primeiros minutos da decisão do Baianão, e as chances claras só começaram a aparecer a partir dos 15, apesar da defesa conquistense ter dado espaço para o ataque tricolor trabalhar.
     
    Aos 17, após cobrança de escanteio, Maxi apareceu sozinho na segunda trave, mas a tentativa de voleio não surtiu efeito, e a partir daí só o Conquista chegou com mais perigo ao ataque nos primeiros 45 minutos.
     
    Tatu perde gol feito e Titi salva após falha de Jean
     
    O Conquista cresceu no jogo, e perdeu duas grandes chances em ste minutos. A primeira, aos 20, foi criada e finalizada por Tatu, que deixou Titi e Thales na saudadade e invadiu de cara com o gol, mas bateu para fora.
     
    Na segunda, aos 27, Apodi cruzou da direita e Jean voltou a falhar, desta vez furando em uma bola na área, que sobrou para Carlinhos, mas Titi salvou o Esquadrão ao tirar a bola em cima da linha.
     
    No final da primeira etapa, o Bode voltou a pressionar, e perdeu mais duas chances. Carlinhos foi o primeiro a perder, ao cabecear longe do gol mesmo subindo sem marcação na área tricolor. Depois, Tatu voltou a fazer grande jogada mas falhou novamente frente a frente com Jean, que não teve problemas para fazer a defesa em um chute fraco.
     
    Conquista volta avassalador do intervalo
     
    Decidida a reverter a vantagem do Bahia, a equipe do Conquista foi para cima e abriu o placar assim que o segundo tempo começou, e por pouco não fez o segundo antes dos 5 minutos de bola rolando.
     
    O gol do Bode foi marcado justamente por um ex-jogador do Bahia. Logo no primeiro minuto do segundo tempo Fausto aproveitou cobrança de falta da esquerda e subiu sozinho para cabecear, sem chances para Jean: Conquista 1 a 0.
     
    Pouco depois, Carlinhos teve grande chance após sobra no escanteio, mas finalizou muito mal.
     
    Após levar o gol, o Bahia até tentou chegar no ataque, mas pareceu ter sentido o golpe sofrido logo nos primeiro minutos. O Esquadrão chegou, mas via o Conquista ter bos chances nos contra-ataques, até que um deles resultou em gol.
     
    Aos 22 minutos, o Bode contou com uma falha de Thales, aproveitada por Diego Aragão, que soltou a bomba já dentro da área, sem chances para Jean: Conquista 2 a 0.
     
    Apenas seis minutos depois, o golpe de misericórdia. André Beleza recebeu dentro da área e teve tempo de ajeitar antes de bater rasteiro para vencer Jeanzinho pela terceira vez: Bode 3 a 0.
     
    Abatido, o Bahia seguiu sendo dominado nos minutos finais, que teve direito a ‘olé’ da torcida adversária. 
     
    Ficha técnica
    Vitória da Conquista 3 x 0 Bahia
    Campeonato Baiano - Final (ida)
    Data: 26/04/2015
    Local: Lomanto Júnior, às 16h
    Arbitragem: Lúcio José Silva de Araújo, assistido por José Raimundo Dias e Jucimar dos Santos
    Cartões amarelos: Pittoni, Léo Gamalho e Kieza (Bahia); Váfara, Tatu e Fernando Belém (Conquista).
     
    Conquista: Viáfara, Apodi, Fernando Belém, Sílvio e Matheus Leone, Maicon, Fausto, Diego Aragão, André Oliveira, Tatu e Carlinhos. Técnico: Evandro Guimarães.
     
    Bahia: Jean; Tony, Thales, Titi e Bruno Paulista; Pittoni, Tiago Real e Souza; Maxi Biancucchi, Kieza e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Soares.

    Fonte/Foto: Galáticos Online.