segunda-feira, 16 de março de 2015

Recôncavo News

Entre Rios: Pai suspeito de engravidar e estuprar filha em velório é preso

Um trabalhador rural foi preso acusado de estuprar e engravidar a filha de 15 anos em Entre Rios, a 128 km de Salvador. Os abusos aconteciam desde que a jovem tinha 12 anos - o último estupro aconteceu no velório da avó da garota, segundo depoimento da própria vítima. Francisco de Jesus Paiva, 44 anos, foi preso na sexta-feira e está no Conjunto Penal de Alagoinhas desde ontem.
O caso foi descoberto depois que a menina engravidou. "A mãe pressionou a menina para saber quem seria o pai e ela acabou confessando", diz o delegado Luciano Lima. A partir daí, a mãe e a menina procuraram o Conselho Tutelar, que acionou a Polícia Civil, dando início à investigação. "Ele negou, disse que ela está fazendo isso porque tem muito medo da reação dele quando ele descobrisse a gravidez", diz o delegado.
Mesmo com a negativa do suspeito, o delegado afirma que exames corroboram a versão da adolescente. "O exame de corpo de delito identificou relações sexuais antigas, o que coincide com as informações que a vítima prestou", explica. De acordo com o delegado, a menina vivia acuada em casa, sofrendo também abuso psicológico. "A menina vivia sob ameaça de morte e espancamento para não revelar nada para ninguém. Nunca teve um namorado", relata.
A jovem está grávida de 17 semanas e poderá pleitear junto à Justiça a interrupção da gravidez. "Nesse caso, a gente iria coletar amostras de DNA do material abortado para fazer o exame e confirmar a paternidade. A outra situação é a família não querer abortar, então teríamos que esperar o nascimento da criança para fazer o exame", detalha o delegado.
Francisco e a família moravam em uma fazenda às margens da BA-093, onde ele trabalhava tomando conta da propriedade e responsável pelos serviços gerais. Ele e mulher têm 9 filhos. O delegado pretende ouvir os demais familiares esta semana. Fonte: Correio.