segunda-feira, 30 de março de 2015

Recôncavo News

Amagosa: Casal de agiotas é preso com 200 cartões

Investigadores da Delegacia Territorial (DT) de Amargosa prenderam José Geraldo Santos Almeida, de 53 anos, e sua companheira Iraildes dos Santos, 30, acusados de oferecer empréstimos com juros abusivos para dezenas de famílias daquele municipio (distante 238 km de Salvador), e reter cartões de benefícios dos devedores para o pagamento das dívidas. Junto com o casal foram apreendidos mais de 200 cartões, com as respectivas senhas
O flagrante aconteceu quando a dupla realizava um saque numa agência bancária, utilizando o cartão de benefício de uma das vítimas, na última sexta-feira, 27, mas o delito só foi divulgado pela polícia nesta segunda-feira, 30.
José e Iraildes já haviam efetuado outros dois saques, em bancos diferentes, neste mesmo dia. Segundo o delegado Adílson Bezerra, titular da DT/Amargosa, eles vinham sendo monitorados pela polícia há seis meses.
José tinha um escritório no bairro da Catiara, sem autorização legal, onde eram feitos os empréstimos a juros exorbitantes. O esquema tinha como alvo principal pessoas de baixa renda, portadores de cartões de benefícios e que passavam por dificuldades financeiras.  José oferecia os empréstimos a juros, de pelo menos 20% ao mês, e exigia das vítimas a entrega do cartão de benefício, acompanhados da senha.
Quando chegava o dia do pagamento, os golpistas sacavam o dinheiro, descontavam os juros e entregavam à vítima o restante do valor. Muitas delas estavam endividadas há vários anos e a maioria era de pessoas idosas.
José e Iraildes vão responder por crime contra a economia popular. Eles foram encaminhados à carceragem da 4ª Coorpin/Santo Antônio de Jesus. Os que tiveram seus cartões retidos pelos acusados, devem comparecer à delegacia de Amargosa. Fonte/Foto: Atarde.